O que é a escuta ativa e como colocá-la em prática com a criançada

O método educativo conhecido como escuta ativa foi desenvolvido para promover o fortalecimento dos vínculos e uma comunicação de qualidade entre crianças e adultos.

A principal ideia é que pais, professores e responsáveis coloquem-se em uma posição empática, de abertura, atenção e respeito ao que as crianças sentem, dizem e pensam.

É importante ressaltar que a comunicação se dá de diferentes maneiras, não só com a linguagem verbal. Desta forma, as crianças poderão se manifestar através de brincadeiras, desenhos, do próprio corpo, através das birras, do silêncio e das mudanças repentinas de humor e de comportamento.

Quer entender melhor sobre a escuta ativa e aprender como fazer para estabelecer uma conexão profunda com suas crianças? Veja abaixo do que se trata, seus benefícios e como aplicar na criação de seus filhos.

O que é a escuta ativa?

Enquanto método de educação, a escuta ativa foi desenvolvida em 1957, pelos psicólogos norte-americanos Richard E. Farson e Carl Rogers. O motivo pelo seu desenvolvimento pode parecer algo óbvio, mas as crianças têm uma maneira peculiar de agir, sentir e pensar. Ou seja, é algo muito diferente dos adultos.

Por conta disso, somos nós adultos que devemos compreender o ponto de vista de nossos filhos e não fazer o contrário, exigir e não esperar que elas ajam de acordo com as nossas condutas.

Isso não quer dizer que você perderá sua autoridade, muito pelo contrário, quando a comunicação entre pais e filhos são baseadas na compreensão, empatia e respeito, a tendência é que as atitudes inadequadas dos seus filhos pequenos sejam corrigidas com maior facilidade.

Quais os benefícios da escuta ativa?

São inúmeros benefícios que a escuta ativa pode proporcionar às famílias e às crianças, de maneira geral. Conheça alguns deles a seguir:

  • Desenvolvimento de uma conexão profunda entre pais e filhos;
  • Fortalecer a autoestima e autoconfiança das crianças;
  • Pode garantir o respeito e a autoridade, sem pôr medo;
  • Possibilita uma maior compreensão dos adultos em situações de birras e mudanças de comportamento;
  • Melhora na comunicação dos filhos para expor seus sentimentos e para os pais avaliarem melhor suas atitudes;
  • Desenvolver as habilidades socioemocionais que são importantes para a vida adulta do seu filho, como resolução de conflitos, valorização da diversidade, empatia, e etc.

Como colocar a escuta ativa em prática?

Já sabemos que a criação baseada na escuta ativa poderá promover um desenvolvimento saudável dos seus filhos. Agora, vamos entender um pouco melhor como colocá-la em prática.
Siga as nossas dicas!

Aprenda a ter disposição psicológica

Prepare-se para ouvir atentamente os questionamentos do seu filho, mostrando-se sempre aberto à compreender as coisas que ele diz, sem nenhum juízo de valor.

Procure sempre ir além das palavras, sempre conectando-se com os sentimentos do seu filho.

Procure sempre olhar a criança nos olhos

Não deixe de estabelecer contato visual com o seu filho durante as conversas, preste atenção em suas expressões e em seus gestos. Se for o caso, pra melhorar o contato visual, ajoelhe-se de frente à criança.

Resuma, afirme ou comente

Demonstre sempre que você está ouvindo os comentários do seu filho por meio de comentários após suas falas.

Um bom jeito de fazer isso é utilizar a técnica de resumir ou parafrasear o que foi dito, para garantir que compreendeu a mensagem de maneira correta.

Faça perguntas

Evite fazer questionamentos que as respostas se resumam a apenas “sim” ou “não”. As perguntas abertas são muito mais interessantes de serem feitas, porque assim, você consegue uma resposta mais desenvolvida, deixando ele se expressar melhor.

Conclusão

Quando pais e filhos estão mais próximos e conseguem estabelecer uma boa convivência, de forma tranquila, respeitosa e amorosa, e as crianças sentem-se validadas nos seus sentimentos e nas suas opiniões, conseguem desenvolver melhor as suas habilidades socioemocionais, que são fundamentais no mundo adulto.

Estas são razões suficientes para implantar o quanto antes a escuta ativa no dia a dia de sua família. 

O método educativo conhecido como escuta ativa foi desenvolvido para promover o fortalecimento dos vínculos e uma comunicação de qualidade entre crianças e adultos.

A principal ideia é que pais, professores e responsáveis coloquem-se em uma posição empática, de abertura, atenção e respeito ao que as crianças sentem, dizem e pensam.

É importante ressaltar que a comunicação se dá de diferentes maneiras, não só com a linguagem verbal. Desta forma, as crianças poderão se manifestar através de brincadeiras, desenhos, do próprio corpo, através das birras, do silêncio e das mudanças repentinas de humor e de comportamento.

Quer entender melhor sobre a escuta ativa e aprender como fazer para estabelecer uma conexão profunda com suas crianças? Veja abaixo do que se trata, seus benefícios e como aplicar na criação de seus filhos.

O que é a escuta ativa?

Enquanto método de educação, a escuta ativa foi desenvolvida em 1957, pelos psicólogos norte-americanos Richard E. Farson e Carl Rogers. O motivo pelo seu desenvolvimento pode parecer algo óbvio, mas as crianças têm uma maneira peculiar de agir, sentir e pensar. Ou seja, é algo muito diferente dos adultos.

Por conta disso, somos nós adultos que devemos compreender o ponto de vista de nossos filhos e não fazer o contrário, exigir e não esperar que elas ajam de acordo com as nossas condutas.

Isso não quer dizer que você perderá sua autoridade, muito pelo contrário, quando a comunicação entre pais e filhos são baseadas na compreensão, empatia e respeito, a tendência é que as atitudes inadequadas dos seus filhos pequenos sejam corrigidas com maior facilidade.

Quais os benefícios da escuta ativa?

São inúmeros benefícios que a escuta ativa pode proporcionar às famílias e às crianças, de maneira geral. Conheça alguns deles a seguir:

  • Desenvolvimento de uma conexão profunda entre pais e filhos;
  • Fortalecer a autoestima e autoconfiança das crianças;
  • Pode garantir o respeito e a autoridade, sem pôr medo;
  • Possibilita uma maior compreensão dos adultos em situações de birras e mudanças de comportamento;
  • Melhora na comunicação dos filhos para expor seus sentimentos e para os pais avaliarem melhor suas atitudes;
  • Desenvolver as habilidades socioemocionais que são importantes para a vida adulta do seu filho, como resolução de conflitos, valorização da diversidade, empatia, e etc.

Como colocar a escuta ativa em prática?

Já sabemos que a criação baseada na escuta ativa poderá promover um desenvolvimento saudável dos seus filhos. Agora, vamos entender um pouco melhor como colocá-la em prática.
Siga as nossas dicas!

Aprenda a ter disposição psicológica

Prepare-se para ouvir atentamente os questionamentos do seu filho, mostrando-se sempre aberto à compreender as coisas que ele diz, sem nenhum juízo de valor.

Procure sempre ir além das palavras, sempre conectando-se com os sentimentos do seu filho.

Procure sempre olhar a criança nos olhos

Não deixe de estabelecer contato visual com o seu filho durante as conversas, preste atenção em suas expressões e em seus gestos. Se for o caso, pra melhorar o contato visual, ajoelhe-se de frente à criança.

Resuma, afirme ou comente

Demonstre sempre que você está ouvindo os comentários do seu filho por meio de comentários após suas falas.

Um bom jeito de fazer isso é utilizar a técnica de resumir ou parafrasear o que foi dito, para garantir que compreendeu a mensagem de maneira correta.

Faça perguntas

Evite fazer questionamentos que as respostas se resumam a apenas “sim” ou “não”. As perguntas abertas são muito mais interessantes de serem feitas, porque assim, você consegue uma resposta mais desenvolvida, deixando ele se expressar melhor.

Conclusão

Quando pais e filhos estão mais próximos e conseguem estabelecer uma boa convivência, de forma tranquila, respeitosa e amorosa, e as crianças sentem-se validadas nos seus sentimentos e nas suas opiniões, conseguem desenvolver melhor as suas habilidades socioemocionais, que são fundamentais no mundo adulto.

Estas são razões suficientes para implantar o quanto antes a escuta ativa no dia a dia de sua família. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *