Causas da obesidade infantil

obesidade infantil se tornou assunto bastante comentado após o isolamento social, por ter desencadeado inúmeras posturas no que tange a alimentação de uma criança no período em que foi necessário realizar este isolamento devido a pandemia do Covid-19.

A obesidade infantil é um problema de saúde extremamente sério, e que hoje, alcança um número considerável de crianças por todo o mundo.

O que antes era sinônimo de saúde, hoje se torna assunto preocupante quando visualizamos uma criança que esteja acima do peso.

As causas da obesidade infantil podem ser diversas, no entanto, os hábitos alimentares ainda são os que mais pesam para o desenvolvimento da obesidade.

E o controle dos hábitos alimentares começa em casa.

Você já parou para pensar sobre a alimentação do seu filho ou sua filha? Quais alimentos tem consumido? É uma alimentação com diversidade de cor? O seu filho tem feito alguma atividade física? Você tem sido uma influência no que tange a uma boa alimentação?

Essas e outras questões são importantes para prevenir ou até mesmo reeducar os hábitos alimentares de uma criança.

Então vamos a fundo nesse tema que é extremamente importante?


Sobrepeso e obesidade infantil: qual a diferença?

É uma facilidade dos pais perceber quando os filhos estão corporalmente mais “fortinhos” que as crianças do mesmo ciclo e da mesma idade.

No entanto, apesar dessa facilidade materna e paterna, muitos se confundem quanto ao filho estar com sobrepeso ou caminhando para a obesidade infantil.

E você sabia que existe diferença entre os dois?

Diferente dos adultos, a constatação da obesidade infantil não se dá pelo Índice de Massa Corporal (IMC), mas sim pela curva de peso da idade dessa criança.

Neste sentido, a obesidade infantil se caracteriza pelo excessivo acúmulo de gordura corporal, enquanto o sobrepeso representa um peso que esteja acima do que seria o ideal considerando a altura e a idade da criança.

Mas você sabia que ambas estão completamente conectadas? É isso mesmo!

Apesar de ser mais fácil reverter o quadro em que a criança se encontra apenas com sobrepeso, o mesmo representa o caminho para a obesidade infantil, pois é através dela que se pode perceber o início do acúmulo de gordura na criança.

Sendo assim, ao identificar que a criança está começando a aumentar o  seu peso de uma forma não saudável, é importante tomar as atitudes necessárias para que se evite a obesidade.

Quais as causas da obesidade infantil?

As principais causas da obesidade infantil são:

  • a falta de nutrição adequada,
  • baixo gasto energético causado pela falta de atividade física,
  • fatores hormonais e genéticos.

A obesidade pode causar o desenvolvimento de muitas doenças. Estes incluem diabetes, colesterol alto, problemas ortopédicos e até mesmo depressão e redução da autoestima da criança, como também os torna mais suscetíveis ao bullying nas escolas e até mesmo problemas no desempenho educacional.

Um dos maiores desafios da sociedade atual é o combate à obesidade infantil. A intervenção precoce é imprescindível para ajudar as crianças com excesso de peso, porque elas têm maior probabilidade de se tornarem adultos com excesso de peso.

Para incentivar uma alimentação saudável e aumentar a prática de atividade física, os pais e responsáveis ​​precisam estar envolvidos.

Além disso, priorizar espaços que contribuam ativamente para a melhoria nutricional das crianças, como por exemplo, a escolha por um ambiente escolar que dispõe de acompanhamento nutricional, contribui de forma incisiva no não desenvolvimento da obesidade.

Dessa forma, compreende-se a atuação dos pais neste não desenvolvimento da obesidade através de novos hábitos, bem como ambientes que proporcionem maior cuidado com a criança.

Tem alguma dúvida sobre o tema? Escreva para a gente!

Até mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *